RECORD SE RENDE AO CARNAVAL

A Rede Record de Televisão, comprada à custa de ofertas de fiéis da Igreja Universal do Reino de Deus, agora serve também para propagar a maior festa pagã, degradante e demoníaca do país: o Carnaval.

Veja o que a Folha de São Paulo noticiou afirmando, ironicamente, que a Record teria "vendido a alma ao demônio":

"A Record vendeu a alma ao “demônio” por R$ 2,6 milhões. Esse é o valor que a AmBev pagou para ter uma hora de Carnaval na rede do bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus.


Farra de famosos, durante o carnaval, exibida pela Record,
Rede supostamente evangélica

Neste ano, a Record transmitiu diretamente do camarote da cerveja Brahma, no sambódromo do Rio, dois programas de meia hora cada um. O primeiro foi ao ar à 0h30 de ontem, antes da programação religiosa. O segundo, hoje, no mesmo horário. Serviram mais para promover o camarote “número 1″ do que o consumo de cerveja.

Segundo um executivo da Record, foi uma operação de venda de horário, ou seja, a Brahma não atuou como patrocinadora, mas como dona dos 60 minutos de folia na Record. Os R$ 2,6 milhões também cobriram custos de produção da Record. "

Fonte: Folha de São Paulo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...